Análise CD Damares – Maior Troféu

Um dos grandes nomes da nova geração da música pentecostal no Brasil, Damares lança seu oitavo álbum de sua carreira, intitulado “O Maior Troféu” pela gravadora Sony Music. Desde o sucesso do CD Apocalipse, seus trabalhos são muito aguardados pela mídia, lojistas e o público fiel ao gênero pentecostal, afinal a artista atualmente possui um dos maiores potenciais de vendas do mercado fonográfico brasileiro.

Em março de 2013 para iniciar o processo de divulgação, a Sony Music liberou a capa do CD. A grande novidade do projeto gráfico foi a impressão da capa com o logotipo Hot Stamping em relevo, trazendo um novo conceito de capas para a música gospel. Manoel Guimarães e Marcos Hemes foram os fotógrafos do projeto. O álbum está sendo distribuído no formato acrílico e a tiragem inicial foi de 100.000 cópias.

Melk Carvalhedo e Emerson Pinheiro dividiram a produção musical das 15 faixas assinadas pelos compositores: Anderson Freire, Tony Ricardo, Moisés Clayton, Jeann e Júnior, Marcos e Matteus, Anderson Lima, Tony da Mata e Tângela Vieira. O CD também conta com participações especiais de Thalles, Jotta A, Brenda e Anderson Freire.

O estilo e o tema das músicas que Damares escolheu para este trabalho, foram diferentes dos seus últimos, que eram voltados à exaltação e valorização do homem diante das adversidades da vida. A cantora quis enfatizar neste, o poder de Deus, adoração, arrebatamento e histórias bíblicas.

 A Vida venceu traz o back vocal, cantando o tema da música. Estilo característico da cantora com palavras como DNA, a letra diz que Jesus venceu a morte, e que mesmo tendo seu corpo ferido, sua alma venceu.

Com uma declamação da própria artista, inicia a música  O maior troféu que foi o primeiro single de divulgação. Em três dias a canção teve mais de 35.000 visualizações. A letra de Tony Ricardo declara que o maior troféu que vamos receber é de termos nosso nome escrito no livro da vida e termos a honra de cantarmos no coral celeste.

Repique de bateria e solos de instrumentos de sopro introduzem, Todo olho verá  , com uma pegada POP, a letra diz que em breve, a noiva encontrará seu noivo e as trombetas do céus irão soar levando os salvos ao encontro do rei.

Música que retrata de arrebatamento, Pode ser hoje é uma canção de alerta e reflexão, dizendo que pode ser hoje que Jesus vai voltar, encontrando muitas pessoas de surpresa.

A essência da adoração  começa lenta e a medida que chega no ápice, são adicionados instrumentos e acompanhamentos do back vocal. O coro declara que Deus é Santo e que possuímos em nossas vidas, a essência da adoração a Deus.

Com participação especial do Thalles, A Dracma e o seu dono  é uma alusão à parábola da dracma perdida. A canção é um diálogo entre Deus e a cantora dizendo que não somos mais dracmas perdidas, pois Deus nos encontrou. O timbre vocal do Thalles deu certo com o da Damares, não sendo necessário mexer no tom da música, deixando a melodia confortável para os dois cantarem. A composição é do Anderson Freire.

O sétimo louvor com título: Adorador , induz e demonstra as características de um adorador a Deus.

Em ritmo mais rápido, Você mais Deus  é uma faixa que pode ser trabalhada em corais, além de um tom mais baixo, a letra é apropriada para ser cantada em culto. Diz que com Deus, somos maioria e a vitória está decretada. Riffs de guitarra acompanham a cantora após o interlúdio da metade da canção.

Mensagem de incentivo e conforto ao ouvinte,  Sou teu Deus  é a nona faixa do trabalho. Vocal bastante trabalhado encorpando a produção musical.

Violão e violinos começam o décimo louvor,  Alto Preço retrata o preço elevado que Jesus pagou pela nossa salvação e que a santidade também é cara. Uma frase interessante da letra de Anderson Freire é: “O inferno tem a matemática da divisão e o céu da multiplicação”.

Uma característica do álbum é que os produtores utilizaram introduções de teclado e back vocal em boa parte das faixas.  Temporal de Deus  também é uma música no estilo que consagrou Damares. Palavras científicas como gravidade, nuvens, evaporação enriquecem o vocabulário da composição. A mensagem principal é que Deus atende aos nossos pedidos, através de chuva de renovo, unção e vitória.

Uma verdadeira lição da bíblia contando a história de Jabes, A oração de Jabes  é uma canção que mostra que mesmo nas orações simples, Deus pode nos atender, assim como fez com Jabes no passado, atendendo aos seus 4 pedidos.

Em ritmo de forró mesclado com salsa no refrão e com letra temática, Davi ou Mical  retrata a história de Davi que deixou Mical de lado e glorificou a Deus.

De uns tempos para cá, as músicas em ritmo sertanejo universitário vêm sendo bastante trabalhadas na música pentecostal.  Tô na estrada  traz uma melodia leve, com solo de cordas e gaita. Destaque para os instrumentos de cordas que foram bem trabalhados na faixa. O refrão tem estilo caipira, declarando que tudo o que é ruim tem que dar ré, e que vamos vencer em Cristo.

Mais uma canção de autoria de Anderson Freire, escolhida para fechar o álbum,  Celebrando a Vida  leva o ouvinte a um momento de finalização com uma levada pop. Jotta A, Brenda e Anderson Freire participaram desta faixa. Destaque para os Riffs de contra baixo e interlúdios de instrumentos de sopro levando a música ao final, onde a Damares fala com bastante descontração:  Celebrando a vida com Jesus, fechando o repertório.

Damares neste lançamento soube inovar com as letras das canções, mas não deixou de lado as raízes do pentecostal. Ritmos como forró continuaram no repertório e canções direcionadas para conjuntos de igreja também diversificaram o álbum.

Este trabalho trouxe um novo patamar ao ministério da cantora, solidificando sua carreira na música gospel, tanto que em pouco tempo de lançamento, foi certificado com disco de platina. Premiação que a cada dia se torna mais difícil no mercado fonográfico, devido a pirataria.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>