Blog LojaEvangelica.com.br

CD's e DVD's Gospel.

No public Twitter messages.

Facebook
RSS




Com o aumento dos assentamentos judaicos na região de Belém, em Israel, a cidade tem se tornado cada vez mais impenetrável aos cristãos é o que diz Ibrahim Shomali líder religioso, sacerdote de Beit Jala, em Belém.-Clique, leia e comente…

Ele cita o aumento dos assentamentos judaicos entre Jerusalém e Belém como um obstáculo praticamente intransponível, que nemcidade de Belém - vista mesmo o próprio Jesus, se hoje fosse vivo, conseguiria transpor.

“Se Jesus viesse esse ano, Belém estaria fechada”, diz Shomali ao periódico Sydney Morning Herald. Segundo ele, Jesus teria que nascer em um posto de controle ou em um muro de separação. E Maria e José precisariam de permissão israelense ou entrar como turistas.

As comunidades judaicas impedem que os palestinos entrem em Jerusalém Oriental ou em Belém, sem a licença de turista. Segundo o líder religioso, a pergunta é: o que acontecerá quando os palestinos forem fechados do lado de fora?

Um dos assentamentos mais invasivos é Har Homa, uma comunidade de quase 20 mil pessoas. O assentamento foi construído na localidade os líderes cristãos acreditam que os anjos revelaram aos pastores a respeito do nascimento de Jesus.

Os cristãos árabes, que representam somente 2% da população israelense, podem se tornar uma “raridade” no país nos próximos anos.

As celebrações de Natal estão em vias de extinção em muitas cidades israelenses. Comunidades cristãs, como é o caso de trabalhadores filipinos e peregrinos africanos estão comemorando o feriado natalino em espaços públicos em bairros de Tel Aviv e Nazaré.

“Quando olho para os registros dos nomes de famílias tradicionais da igreja, vejo que muitas delas já se foram”, conta Shomali. Ele acredita que “em 20 anos não haverão mais cristãos em Belém”.

Apesar da situação descrita pelo líder religioso, o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu fez um discurso para os cristãos exortando que os peregrinos e turistas visitem Israel durante a época de Natal e celebrem abertamente o Natal.

Segundo Netanyahu, “em uma região onde há pouca tolerância com a fé dos outros, Israel quer garantir os lugares sagrados das grandes religiões e a liberdade de culto para todos”, concluiu.

post inforgospel.com.br – via ChristianPost – por: Jussara Teixeira


Ludmila Ferber é a

A Som Livre acaba de lançar em seu canal no ...

Confira o single do

Com uma voz singular e marcante a cantora Amanda Ferrari ...

Confira o single do

Com uma voz singular e marcante a cantora Amanda Ferrari ...

Oficina G3 se aprese

A banda Oficina G3 confirmou pelas redes sociais que estará ...

Oficina G3 se aprese

A banda Oficina G3 confirmou pelas redes sociais que estará ...

Sponsors

  • LojaEvangelica
  • Lançamentos de CDs Gospel
  • Bíblia Sagrada
  • DVDs Gospel Filmes pregações e Louvor